Como cuidar da mente em tempos de pandemia?

por | jul 6, 2020 | Saúde | 0 Comentários

Vivemos uma situação nova, mas ao mesmo tempo aterrorizante. Nossa geração não viveu nada parecido. Quando saímos de casa, ainda que seja pouco, a realidade nos assusta: pessoas de máscara, lojas fechadas, hospitais lotados. São apenas algumas cenas diárias que encontramos no novo mundo externo

Toda novidade causa insegurança, mas quando ela vem em forma de doença contagiosa e letal, tudo fica pior de maneira interna e externa no nosso corpo. Cansaço, medo, estresse, são alguns sentimentos que passam a fazer parte do dia a dia dos mais ansiosos, o que é extremamente normal.

Além do tratamento com profissionais da área, algumas atitudes podem nos ajudar a passar por esse momento difícil sem pirar. Lembre-se que tristeza e depressão derrubam a imunidade, nos aproximando ainda mais das complicações da doença. Continue conosco e veja as dicas.

 

Por onde começar?

Para quem nunca sofreu de ansiedade e medo constantes, é difícil entender os sentimentos e procurar ajuda. Já pessoas que convivem com isso normalmente já possuem habilidades para começar a sair de uma crise, por exemplo. A seguir, traremos dicas para os dois casos.

Young woman meditating at sunset . Sitting in lotus position outdoors . Dusk.

Meditação

Não é fácil esvaziar a mente e ficar por muito tempo parado em uma posição, sabemos disso, mas, tudo pode ser aprendido. Existem aplicativos que te ensinam a melhor maneira de respirar e se concentrar no exercício. Meditar é tão bom para corpo e mente, que existe um tipo para cada causa.

Digamos que seu problema é insônia. Em sites, Youtube, ou aplicativos de celular é possível escolher meditar exatamente para aquela situação. Não desista na primeira vez: cada dia é um progresso, em algum momento, valerá a pena.

Remédios naturais

Nem todo mundo gosta de tomar medicamentos tradicionais, comprimidos ou xaropes. A medicina alternativa está aí para auxiliar quem não gosta ou não pode ingerir remédios habituais.

Os Florais de Bach são essências naturais, feitas para problemas específicos, como ansiedade, pânico, estresse, etc. Há até uma linha para crianças! Fique tranquilo pois não há efeitos colaterais ou contra-indicações.

Chás de ervas também são grandes aliados. Tipos calmantes, como camomila, mulungu ou erva cidreira podem ser ingeridos para controlar o estresse e ansiedade, além de ajudar no sono. O chá de dente-de-leão, por exemplo, melhora o humor e age diretamente nas doenças do fígado. Pesquise qual chá seria aliado para sua mente.

Incensos

Nem todo mundo gosta do cheiro, e também precisa ser usado como completo de alguma outra terapia alternativa (meditação, yoga, relaxamento, etc), mas, são muito úteis. Quem acredita, diz que o poder dos incensos melhora a imunidade, traz prosperidade e tem a capacidade de acalmar a mente pelo cheiro trazido para o ambiente.

Exercícios físicos

Ainda que seja complicado por causa do isolamento social, gastar energia malhando, fazendo corridas de rua traz bons hormônios para o corpo, como a endorfina, responsável pelo bom humor e queda do estresse. Procure um local seguro, que cumpra todas as medidas de higiene e comece a malhar.

Para te ajudar na missão, temos um aplicativo com exercícios para você fazer em casa. Acesse resultadosfitness.com.br/combo. Comece já!

 

Desligue a televisão

Estar bem informado é muito importante, mas informação demais pode nos deixar pior. Não deixe de estar ciente do que está acontecendo, mas, de vez em quando, desligue tudo e vá assistir algo que alegre e te ensine algo. Nada melhor do que esquecer um pouco do mundo lá fora fazendo coisas que gosta. Ligue para as pessoas que ama, coma o que gosta, leia aquele livro que está parado na estante!

 

Escreva o que sente

Busque um caderno, ou arquivos do computador onde você possa se expressar, nem que seja para si mesmo. Dizer o que sente é importante para tirar o que faz mal de dentro e liberar de uma vez. Tenha um diário para desabafar quando o fardo estiver pesado demais durante esse momento.

E se você perdeu alguém…

Lidar com o luto é um desafio imenso. Podemos pensar que nunca vai passar, mas, muitas famílias brasileiras estão enfrentando uma perda irreparável. Para essas pessoas, a nossa solidariedade, mas também, informação: utilize as dicas que damos, mas procure um profissional capacitado para te ajudar, seja psicólogo, ou psiquiatra. Ainda que exista a perda, você não está sozinho.

 

Gostou das dicas? Deixe seu comentário, principalmente se tiver sugestões para ajudar outros leitores.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *